Ericsson cortará mais custos após queda do lucro no 3o tri

sexta-feira, 26 de outubro de 2012 11:41 BRST
 

ESTOCOLMO, 26 Out (Reuters) - A Ericsson, maior fabricante mundial de equipamentos para telecomunicação móvel, apresentou uma queda de 42 por cento no lucro do terceiro trimestre e garantiu mais cortes de custos para se proteger da desaceleração global.

Fabricantes de equipamentos de telecomunicações vêm sendo pressionadas pela concorrência acirrada e menores gastos por parte das operadoras, que são suas clientes.

A companhia informou que as vendas nas redes mais relevantes para a empresa caíram 17 por cento no trimestre passado, na relação anual, refletindo menores vendas em partes da Europa, uma queda contínua em redes mais antigas nos Estados Unidos e na China e menores vendas de 3G na Rússia.

O lucro da Ericsson antes de juros e impostos, excluindo joint ventures mas incluindo encargos de reestruturação, recuou para 3,7 bilhões de coroas suecas (552 milhões de dólares), comparado a ganho de 6,3 bilhões um ano antes e previsão média de analistas de 3,4 bilhões de coroas em pesquisa da Reuters.

A margem bruta caiu novamente, para 30,4 por cento ante 35 por cento em igual período do ano passado e estimativa de 31,7 por cento.

Já as vendas somaram 54,6 bilhões de coroas, contra projeção de 55,3 bilhões.

(Por Simon Johnson e Olof Swahnberg)

 
Ericsson apresentou queda de 42 por cento nos lucros do terceiro trimestre. 30/04/2009 REUTERS/Bob Strong