Telefónica reduz dívida e diz que deve atingir metas de 2012

quarta-feira, 7 de novembro de 2012 08:11 BRST
 

MADRID, 7 Nov (Reuters) - O grupo espanhol de telecomunicações Telefónica disse que deve atingir suas metas ao final deste ano e se comprometeu a pagar dividendos em 2013, após o corte do pagamento neste ano como parte de sua estratégia de redução de dívida.

A companhia espera que as receitas cresçam até 1 por cento neste ano, ao passo em que cortará sua alavancagem para 2,35 vezes a dívida líquida sobre o lucro operacional antes de depreciação e amortização (Oibda).

A Telefónica disse que cortou sua dívida líquida em mais 3,2 bilhões de euros (4,1 bilhões de dólares) do total de 56 bilhões de euros no final de setembro, na sequência de uma série de medidas tomadas, como a listagem da unidade alemã do grupo O2 no mês passado.

A empresa disse que sua nova alavancagem é de 2,44 vezes a de dívida líquida sobre o atual Oibda, quando consideradas medidas como a venda de sua divisão de call center Atento e uma oferta de recompra de ações preferenciais.

A Telefónica divulgou um aumento de 10,7 por cento no Oibda, que chegou a 15,7 bilhões de euros e uma queda de 0,3 por cento na receita, para 46,5 bilhões de euros, resultado levemente melhor do que o esperado por analistas da Reuters.

(Por Clare Kane)