Nova oferta pela Best Buy é prevista para dezembro--fontes

sexta-feira, 9 de novembro de 2012 13:35 BRST
 

Por Soyoung Kim e Olivia Oran e Dhanya Skariachan

NOVA YORK, 9 Nov (Reuters) - Uma possível oferta pela Best Buy feita pelo fundador Richard Schulze pode ser abaixo da proposta inicial de cerca de 8 bilhões de dólares e não é esperada para antes de dezembro, disseram fontes familiarizadas com o assunto, no mais novo episódio da saga da luta da varejista de eletrônicos.

Schulze fez a maior parte de sua avaliação dos ativos da Best Buy e formou um plano de negócios para recuperar a maior cadeia mundial de consumo de eletrônicos, com seus esforços agora focados em alcançar compromissos de financiamentos, disseram as fontes.

Pelo menos três empresas de private equity - Apollo Global Management, TPG Capital e Leonard Green & Partners - estão considerando se juntar a Schulze na proposta, segundo as fontes. As fontes não quiseram ser identificadas porque a informação não é pública.

Schulze disse em agosto que poderia comprar a Best Buy por entre 24 e 26 dólares por ação, avaliando o acordo entre 8,16 bilhões e 8,84 bilhões de dólares e, se a dívida estiver incluída, até 10,9 bilhões de dólares.