Philips, LG e outras serão alvos de multa da UE por cartel--fontes

sexta-feira, 9 de novembro de 2012 17:00 BRST
 

BRUXELAS, 9 Nov (Reuters) - A Philips, a LG, a Samsung e outras três companhias serão alvos de custosas multas da União Europeia no final do mês por fixar os preços de tubos de raios catódicos de televisões, disseram quatro fontes com conhecimento da questão nesta sexta-feira.

As fontes disseram que outras companhias envolvidas no cartel são a francesa Thomson, que foi renomeada Technicolor em 2010, e a japonesa Matsushita, agora conhecida como Panasonic, e Toshiba.

A Comissão Europeia, que investigou as companhias no final de 2007, anunciará as multas em 28 de novembro, de acordo com um documento da Comissão visto pela Reuters e confirmado pelas fontes.

Espera-se que as sanções sejam significativas, porque o cartel durou mais de uma década desde os últimos anos da década de 1990, disse uma das fontes.

As fontes disseram que a companhia taiuanesa Chunghwa Picture Tubes alertou os reguladores antitruste da UE sobre a existência do cartel, portanto não será multada.

(Reportagem de Foo Yun Chee)