Reino Unido define data para leilão de frequências

segunda-feira, 12 de novembro de 2012 11:56 BRST
 

12 Nov (Reuters) - A Ofcom, agência regulatória das telecomunicações britânicas, anunciou que espera que as operadoras possam oferecer serviços mais rápidos de telefonia móvel de quarta geração a partir de junho do ano que vem, ao definir seus aguardados planos para um leilão de frequências.

A Ofcom anunciou que os interessados poderiam apresentar seus lances, acompanhados de depósito inicial, a partir de 11 de dezembro, com os lances competitivos começando em janeiro e a concessão das licenças marcada para fevereiro e março.

Segundo a agência, os preços de reserva das frequências resultariam em um total combinado de 1,3 bilhão de libras (2,1 bilhões de dólares).

"Hoje é a data em que começam a se concretizar os preparativos para o leilão, que verá a difusão dos serviços de 4G por uma ampla gama de fornecedores", disse o presidente da Ofcom, Ed Richards.

As operadoras de telefonia móvel Vodafone e O2, da Telefónica, estão na espera pelo leilão depois que a líder de mercado EE, controlada por France Telecom e Deutsche Telekom, lançou seu serviço 4G com grande alarde, no mês passado.

A EE foi autorizada pela Ofcom a lançar o serviço mais cedo, usando frequências que já controla. A decisão foi tomada para acelerar o lançamento dos serviços 4G e levar as operadoras a aceitar o cronograma para o leilão e para iniciar o serviço, depois de longa demora.

A Ofcom informou que as velocidades de download nas redes 4G iniciais seriam de cinco a sete vezes superiores às oferecidas por redes 3G, o que abrirá caminho para uma era de banda larga super-rápida em que pessoas poderão assistir a vídeos e navegar na Internet com seus aparelhos móveis.

(Por Kate Holton)