Apple e Samsung incluem novos produtos em briga de patentes

sexta-feira, 16 de novembro de 2012 14:40 BRST
 

Por Nate Raymond

16 Nov (Reuters) - Um juiz dos Estados Unidos autorizou nesta quinta-feira a Samsung Electronics a incluir o iPhone 5 nas acusações de infrações de patentes, assim como deu aval para a Apple acusar que Samsung Galaxy Note, Galaxy S III e o sistema operacional Jelly Bean também violam patentes.

A decisão do juiz Paul Grewal, de San Jose, Califórnia, é o mais novo capítulo da longa disputa judicial da Apple contra fabricantes --como a Samsung-- cujos produtos usam o software Android, do Google.

Representantes de Apple e Samsung se negaram a comentar a decisão.

Dois processos da Apple contra a concorrente sul-coreana correm na corte distrital de San Jose. Uma ação anterior da norte-americana sobre outras patentes resultou em uma decisão de 1,05 bilhão de dólares contra a Samsung em 24 de agosto.

A Apple entrou com o segundo processo em fevereiro, alegando que vários smartphones e tablets da Samsung, entre eles o Galaxy Nexus, desrespeitaram oito patentes.

A Samsung negou infração de patentes e entrou com uma ação acusando o iPhone e o iPad de desrespeitarem oito patentes.

A juíza distrital Lucy Koh emitiu em junho uma injução preliminar proibindo vendas do Nexus. Uma corte de apelação suspendeu a proibição das vendas em 11 de outubro.

Após o lançamento do iPhone 5 em 21 de setembro, a Samsung se mexeu para incluir o aparelho como um dos produtos da Apple que desrespeitaram patentes. A Apple tomou medida similar e incluiu Samsung Galaxy Note 10.1, Samsung Galaxy S III e o sistema operacional Jelly Bean na disputa.

Na decisão de quinta-feira, o juiz concluiu que a Samsung agiu em "razoável diligência" ao pedir à corte a permissão para incluir o iPhone 5 no caso.

A Apple não recorreu contra a inclusão do aparelho no caso. No entanto, o juiz sugeriu à fabricante "pensar duas vezes antes de recorrer contra inclusões semelhantes diante de novos produtos, como iPad 4 e o iPad mini, que a Samsung deve tentar incluir em um futuro próximo".