Vendas da Black Friday no Brasil mais que dobram para R$217 mi

segunda-feira, 26 de novembro de 2012 14:13 BRST
 

Por Vivian Pereira

SÃO PAULO, 26 Nov (Reuters) - O comércio eletrônico brasileiro faturou mais do que o esperado com a terceira edição da "Black Friday" no Brasil, montante recorde para um único dia de vendas, ao oferecer descontos de até 80 por cento em produtos de diversos segmentos, apesar de problemas como apagão em uma parcela dos sites participantes e maquiagem de preços.

Segundo levantamento da ClearSale, empresa especializada em autenticação de compras virtuais, as vendas online no dia 23 de novembro somaram 217 milhões de reais, mais que o dobro em relação aos 100 milhões de reais apurados um ano antes.

O portal Busca Descontos, que trouxe ao Brasil o evento herdado dos norte-americanos e reúne todas as ofertas em um único site (www.blackfriday.com.br), projetava 135 milhões de reais para as 24 horas de vendas.

No Brasil, a edição deste ano da Black Friday teve mais de 300 sites participantes --mais de seis vezes o número de 2011.

"A Black Friday Brasil superou nossas expectativas, tanto em vendas como na repercussão. As lojas que souberam aproveitar a data venderam muito", afirmou o presidente do Busca Descontos, Pedro Eugênio.

Ao todo, foram realizados 541.486 pedidos, com ticket médio de 401 reais, sendo que as categorias mais buscadas foram eletrônicos, informática, celulares, eletrodomésticos e games.

A maior parte dos acessos veio da região Sudeste do país, que respondeu por 71,5 por cento, seguida por Sul (11,2 por cento) e Nordeste (9,9 por cento).

Mas, apesar da disparada nas vendas, a repercussão da data não teve saldo tão favorável quanto o previsto, resultando em um cenário de queixas por parte de consumidores.   Continuação...