Nokia Siemens fechará unidade alemã e vende negócio de suporte

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012 09:27 BRST
 

FRANKFURT/HELSINQUE, 5 Dez (Reuters) - A Nokia Siemens Networks anunciou nesta quarta-feira o fechamento da deficitária unidade de serviços na Alemanha, como parte da reestruturação da joint venture de telecomunicação.

Na véspera, fontes próximas ao assunto tinham afirmado que a joint venture desativaria a unidade, que presta serviços de rede e de gestão e emprega cerca de mil pessoas.

O fim da unidade, efetivamente até o fim de 2013, é parte de uma reestruturação da parceria entre Nokia e Siemens, que inclui reduzir o quadro de funcionários em 25 por cento e deve resultar em corte de 1 bilhão de euros nos custos.

Também nesta quarta-feira, a companhia anunciou que planeja vender à canadense Redknee o negócio de sistemas de suporte, dando sequência à venda de ativos não essenciais.

A Redknee pagará 15 milhões de euros (19,63 milhões de dólares) e um adicional de até 25 milhões de euros conforme o desempenho da empresa.

Na segunda-feira, a joint venture anunciou a venda da unidade de fibra ótica.

(Por Harro ten Wolde e Jussi Rosendahl)