Amazon.com e Google lançam lojas de ebooks no Brasil

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012 11:07 BRST
 

SÃO PAULO, 6 Dez (Reuters) - O mercado brasileiro de livros eletrônicos tem um novo capítulo a partir desta quinta-feira, quando as lojas online da Amazon.com e do Google chegaram ao país e deram mostra da crescente concorrência neste segmento, resultado da disseminação de tablets e smartphones.

Na madrugada desta quinta-feira, a Amazon.com lançou a versão brasileira de sua loja de ebooks, ingressando em um mercado que já está sendo explorado por nomes nacionais como Saraiva, Livraria Cultura e Iba.

Já o Google anunciou que a loja Play passou a vender livros digitais e filmes, além dos aplicativos para Android que já oferecia.

A loja online da Amazon foi aberta com catálogo de cerca de 1,4 milhão de livros digitais, mais de 13 mil deles em português. A maior varejista da Internet informou ainda que começará a vender no Brasil "nas próximas semanas" o próprio leitor de ebooks, o Kindle.

O preço sugerido pela Amazon para o Kindle no Brasil é de 299 reais, enquanto nos Estados Unidos ele custa a partir de 69 dólares (cerca de 140 reais). O Kobo, da Livraria Cultura, sai por 399 reais.

A estreia da Amazon ocorreu após meses de rumores sobre a chegada ao Brasil da companhia, inclusive com especulações de uma possível associação com um grupo local para entrar no país com mais força.

Com a chegada da Amazon ao país, a empresa também lançou plataforma de publicação KDP para autores e editores independentes, que poderão disponibilizar seus livros pela companhia.

Já a iniciativa do Google também permite o aluguel de filmes de estúdios como NBCUniversal, Paramount, Sony, Fox e Walt Disney, serviço esse que já conta com nomes como Netflix, Netmovies e Net.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

 
Repórter testa tablet Kindle durante lançamento de novas versões do aparelho em Nova York, em 2011. Amazon e Google lançaram nesta quinta-feira lojas de livros eletrônicos no Brasil.