Google venderá área de modems e decodificadores da Motorola

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012 11:05 BRST
 

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - O Google fechou acordo para vender a Motorola Home, que produz modems e decodificadores para televisores, ao Arris Group por 2,35 bilhões de dólares em dinheiro e ações, anunciaram as empresas no final da quarta-feira.

A transação deve ser concluída até o segundo trimestre de 2013, caso aprovada pelas autoridades regulatórias.

O Google ficará com cerca de 15,7 por cento de participação acionária na Arris, uma fabricante de equipamento para TV a cabo sediada na Geórgia, depois da transação.

As companhias afirmaram que o acordo ampliará a carteira de patentes da Arris e valerá à companhia licença sobre "ampla variedade" de patentes da Motorola Mobility, mas não acrescentaram detalhes.

Havia expectativa de que o Google vendesse as operações de modems, depois que a Pace, uma fabricante britânica de modems e decodificadores, anunciou na semana passada que havia feito oferta pela unidade. A Arris também foi mencionada pela mídia como possível interessada.

O Google adquiriu a fabricante de modems em maio, como parte de sua tomada de controle da Motorola Mobility, uma transação de 12,5 bilhões de dólares cuja motivação central era o desejo de controlar a grande carteira de patentes de telecomunicação detida pela Motorola.

Desde que assumiu o controle da companhia, o Google está agindo para reformar sua deficitária divisão de celulares e não parecia interessado nas operações de modems e decodificadores.

A venda da divisão Motorola Home, que inclui instalações industriais, deve atenuar algumas das preocupações dos investidores sobre a aquisição da Motorola pelo Google, disse Kerry Rice, analista da Needham & Co.

"O Google vendeu a maior parte das operações industriais da Motorola", que os investidores temiam que poderiam prejudicar suas margens de lucros, disse Rice. O Google informou que a Motorola Home é lucrativa e gerou 3,4 bilhões de dólares em faturamento nos quatro trimestres encerrados em 30 de setembro.