Samsung quer impedir vendas de alguns produtos Ericsson nos EUA

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 09:42 BRST
 

SEUL (Reuters) - A Samsung Electronics disse na quarta-feira que entrou com uma reclamação contra a Ericsson na Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos (ITC, na sigla em inglês), pedindo a proibição da importação e venda de alguns produtos da fabricante sueca de equipamentos de telecomunicações.

A ação tomada na sexta-feira pela maior fabricante de celulares inteligentes do mundo, que acusa a Ericsson de violar sete de suas patentes, ocorre depois que a companhia sueca pediu uma proibição de produtos da Samsung pela ITC e processou a empresa sul-coreana por infração de patentes.

"Nós buscamos negociar com a Ericsson com boa fé. Mas a Ericsson mostrou-se incapaz de continuar essas negociações fazendo reclamações despropositadas, as quais está buscando aplicar por meio da justiça", disse a Samsung Electronics em comunicado.

"Os produtos da Ericsson envolvidos incluem equipamentos de rede de telecomunicações, como estações rádio base", disse a Samsung.

Com a Ericsson sofrendo queda de 17 por cento nas vendas da unidade de redes no terceiro trimestre, a empresa está indo à justiça para tentar manter seu lucro com patentes, parte de uma tendência mais ampla na qual grandes nomes do setor de tecnologia buscam proteger ferozmente sua propriedades intelectuais, enquanto as vendas globais de tablets e smartphones crescem.

"Eu tenho certeza que a esta altura, ninguém na indústria subestima a capacidade da Samsung de se tornar um nome significativo, se não líder, no mercado geral de equipamentos para telecomunicações", disse Florian Mueller, especialista de patentes, em nota divulgada na segunda-feira. "Isto certamente adiciona uma dimensão mais estratégica na disputa entre a Ericsson e a Samsung."