Número de leitores de livros eletrônicos cresce nos EUA, aponta pesquisa

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 21:23 BRST
 

NOVA YORK, 27 Dez (Reuters) - A popularidade dos livros eletrônicos está aumentando nos Estados Unidos, com quase 25 por cento dos leitores norte-americanos lendo e-books, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira.

O número de pessoas que usam leitores eletrônicos com 16 anos ou mais saltou de 16 por cento em 2011 para 23 por cento neste ano, enquanto leitores de mídias impressas caíram de 72 para 67 por cento em 2012, de acordo com pesquisa feita pela Pew Research Center.

Segundo o levantamento, as pessoas mais inclinadas a ler em e-books têm boa educação, idades entre 30 e 49 anos e vivem em um lar com renda de 75 mil dólares ou mais.

Mais mulheres, 81 por cento, leem e-books, comparado a 70 por cento dos homens, e o número de leitores cai à medida que as pessoas envelhecem.

As descobertas foram baseadas em uma pesquisa por telefone com 2.252 pessoas, com 16 anos ou mais, em todos os Estados Unidos e com uma pesquisa semelhante feita no ano passado. A margem de erro é de 2,7 pontos percentuais.

(Por Patricia Reaney)