Apple perde outro processo de direitos autorais na China, diz mídia

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 08:13 BRST
 

XANGAI, 28 Dez (Reuters) - Um tribunal chinês multou a Apple em 1 milhão de iuanes (160,4 mil dólares) por aplicativos na App Store venderem livros digitais (ebooks) pirateados, afirmou nesta sexta-feira a agência de notícias oficial Xinhua.

A Apple terá que indenizar oito escritores chineses e duas companhias por violar direitos autorais, segundo a Xinhua.

Um grupo de escritores chineses entrou com uma ação contra a Apple neste ano alegando que aplicativos na App Store vendiam ebooks sem autorização. Os oito autores exigiam 10 milhões de iuanes em indenização.

"Estamos desapontados com a decisão. Alguns dos autores que mais vendem na China vão receber somente 7 mil iuanes. A decisão estimula a pirataria", disse à Reuters o representante do grupo, Bei Zhicheng.

A Apple afirmou em comunicado que "leva muito a sério" a questão de infração de direitos autorais.

"Estamos sempre refinando nosso serviço para ajudar os autores a proteger seus direitos", afirmou a porta-voz da empresa norte-americana Carolyn Wu.

(Por Melanie Lee)