UE mantém investigação contra Google apesar de decisão dos EUA

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013 13:50 BRST
 

BRUXELAS, 4 Jan (Reuters) - A decisão das autoridades norte-americanas de arquivar uma investigação para determinar se o Google prejudicou concorrentes manipulando resultados de buscas não influenciará o inquérito da União Europeia.

"Estamos cientes da decisão da Comissão Federal de Comércio, mas não tem influência direta sobre nossa investigação e nossa negociação com o Google, que continuam", afirmou o porta-voz da Comissão Europeia, Michael Jennings.

As autoridades norte-americanas encerraram na quinta-feira a investigação sobre a companhia, que opera o mais popular serviço de buscas da Internet.

Empresas como a Microsoft haviam acusado o Google de manipular resultados de buscas para dar destaque aos próprios produtos, mas a FTC disse que não existem provas suficientes para justificar um processo formal.

A Comissão Europeia vem investigando há dois anos acusações de suposta manipulação pelo Google de resultados de buscas.

(Por Ethan Bilby)

 
Comissário sobre competição da União Europeia, Joaquin Almunia, gesticula durante coletiva de imprensa em Bruxelas, na Bélgica. A decisão das autoridades norte-americanas de arquivar uma investigação para determinar se o Google prejudicou concorrentes manipulando resultados de buscas não influenciará o inquérito da União Europeia. 05/12/2012 REUTERS/Laurent Dubrule