Facebook revela nova ferramenta de busca

terça-feira, 15 de janeiro de 2013 17:41 BRST
 

MENLO PARK, EUA, 15 Jan (Reuters) - O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, apresentou nesta terça-feira um recurso que, segundo ele, vai ajudar seus mais de um bilhão de usuários a fazer buscas na rede social, no primeiro grande evento de lançamento de produto da companhia desde sua oferta pública inicial de ações, em maio.

Em declarações a jornalistas na sede da empresa em Menlo Park, Califórnia, Zuckerberg descreveu o que ele chamou de "busca gráfica", que permite que usuários busquem fotografias, pessoas, lugares e outros conteúdos que foram compartilhados com eles.

Críticos há muito consideram as atuais capacidades de busca da rede social inadequadas.

Disponível como uma versão "beta", ou ainda em testes, a ferramenta --denominada "busca gráfica" porque o Facebook refere-se à sua crescente base de conteúdo, dados e membros como um "gráfico social"-- inicialmente permitirá aos membros da rede social fazer buscas principalmente envolvendo fotografias, pessoas, lugares e interesses dos usuários, acrescentou ele.

"Você precisa ser capaz de fazer a pergunta, como, quem são meus amigos em San Francisco", disse Zuckerberg.

A maior rede social do mundo, o Facebook está tomando medidas para reconquistar a confiança de Wall Street após uma tumultuada oferta pública inicial de ações IPO (na sigla em inglês) e preocupações sobre suas perspectivas de geração de receitas no longo prazo.

A especulação atingiu um nível alucinado nas últimas semanas sobre o que o Facebook planejava revelar em sua coletiva de imprensa de perfil mais alto desde sua estreia no mercado. Palpites incluíam um smartphone e um produto autônomo de busca na Web.

Essa antecipação, assim como expectativas de fortes resultados financeiros no quarto trimestre, ajudaram a impulsionar o papel do Facebook. Sua ação acumula alta de mais de 15 por cento desde o início do ano.

Na tarde desta terça-feira, o papel tinha baixa de 0,3 por cento, a 30,84 dólares.

(Reportagem de Alexei Oreskovic)