Nokia cortará mais de 1.000 postos de trabalho em TI

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 11:44 BRST
 

HELSINQUE, 17 Jan (Reuters) - A Nokia vai eliminar mais de 1.000 postos de trabalho na área de tecnologia da informação como parte do plano de reestruturação para estancar a sangria financeira.

A fabricante finlandesa de celulares vai transferir 820 funcionários para a HCL Technologies e Tata Consultancy Services e cortar 300 posições no total.

Os mais recentes cortes, a maioria na Finlândia, fazem parte do plano anunciado em junho para cortar 10 mil empregos mundialmente. A companhia reduziu 30 por cento do quadro de funcionários sob a gestão do presidente-executivo Stephen Elop.

A Nokia, que já foi a maior fabricante mundial de celulares, foi ultrapassada por Apple e Samsung Electronics no lucrativo mercado de smartphones.

(Por Terhi Kinnunen e Ritsuko Ando)

 
Mulher passa em frente a propaganda da Nokia em Shenyang, na China. A fabricante finlandesa de celulares vai eliminar mais de 1.000 postos de trabalho na área de tecnologia da informação como parte do plano de reestruturação para estancar a sangria financeira. 06/12/2012 REUTERS/Stringer