Crescimento cai, mas Amazon começa a mostrar resultados a Wall Street

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013 16:52 BRST
 

Por Alistair Barr

SAN FRANCISCO, 31 Jan (Reuters) - Os pesados gastos dos últimos anos resultaram em prejuízos líquidos para a Amazon.com, mas os investidores agora apostam que a empresa vai apertar o cinto e se concentrar em produzir lucro sólido.

Os investidores vêm assistindo com consternação, desde 2010, enquanto a maior companhia mundial de varejo online investe bilhões na construção de armazéns, compra de servidores, compra de conteúdo em vídeo e fabricação de tablets. Os analistas dizem que a Amazon está emergindo de sua fase de investimento acelerado no mesmo momento em que o crescimento de suas operações essenciais de varejo começa a desacelerar.

Na terça-feira, a companhia anunciou receita operacional e margens de lucro bem superiores às expectativas para seu mais recente trimestre. Isso sustentou os argumentos otimistas de que a empresa já montou boa parte do quebra-cabeça do lucro.

A despeito de não ter atingido sua meta de faturamento na importante temporada de festas, as ações da Amazon estabeleceram um recorde na terça-feira, depois do anúncio de resultados. Na quarta, elas subiram quase cinco por cento, e na quinta mostravam queda de um por cento, cotadas a 270,17 dólares, no final da manhã.

"Quando a fase de investimento se encerrar, haverá espaço para dramática expansão na margem de lucros", disse Mark Mahaney, analista da RBC Capital Markets. "Não sei se os investimentos chegaram ao fim, e a empresa não está sinalizando nesse sentido. Mas meu palpite é que sim".

O crescimento dos gastos em termos anuais atingiu seu pico na metade de 2011, com 64 por cento. No quarto trimestre de 2012, as despesas cresceram em 42 por cento ante o período em 2011, de acordo com Matt Nemer, analista do Wells Fargo.

Um indicador importante é que no quarto trimestre as despesas cresceram mais devagar que o lucro bruto pela primeira vez em 10 trimestres, ele apontou.

"O que os investidores estão comprando agora é o lucro que virá quando a Amazon concluir seu atual ciclo de investimento", disse.