Operadora móvel britânica Three promete não cobrar a mais por 4G

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013 21:02 BRST
 

LONDRES, 4 Fev (Reuters) - A Three, menor operadora móvel britânica, disse nesta segunda-feira que não vai cobrar a mais pela conexão de banda larga móvel de quarta geração (4G) oferecer estes serviços em sua rede mais tarde neste ano, possivelmente desencadeando uma guerra de preços sobre a oferta de pacotes de dados mais rápidos.

A operadora, controlada pela Hutchison, disse que já oferece uma rede "ultra-rápida" usando a tecnologia mais recente de 3G, chamada DC-HSDPA, a qual, segundo a companhia, pode atingir velocidades equivalentes à conexão 4G pelo padrão LTE.

Cerca de 55 por cento da população britânica é coberta por sua rede mais rápida 3G, disse a operadora, número que deve subir para 80 por cento até o fim de março. Além disso, a Three vai ter alguma cobertura 4G mais tarde no ano.

"Não queremos limitar os serviços Ultrafast para apenas uns poucos baseado num preço de luxo, e decidimos que nossos clientes receberão esse serviço como padrão", disse o presidente-executivo da Three no Reino Unido, Dave Dy.

A EE, uma joint venture entre a France Telecom e a Deutsche Telekom, lançou a primeira rede LTE 4G do Reino Unido em outubro, com vantagem sobre suas rivais após o regulador Ofcom permitir que ela realocasse algumas de suas radiofrequências.