Fundo Greenlight processa Apple por discordar do uso de caixa

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013 15:30 BRST
 

Por Jennifer Ablan e Nicola Leske

7 Fev (Reuters) - O gestor do hedge fund Greenlight Capital, David Einhorn, processou a Apple nesta quinta-feira, afirmando que a companhia deveria reverter aos acionistas uma fatia maior de seu imenso caixa.

A ação da Apple, que acumula perda de 35 por cento entre meados de setembro e quarta-feira, subia alta de 0,7 por cento, a 457 dólares às 15h13, no horário de Brasília.

Einhorn, conhecido por vendas a descoberto, tem posição comprada em ação da Apple. Em uma entrevista televisionada na quinta-feira, ele disse que embora admire a companhia, a Apple tem um "problema de caixa" que precisa consertar por meio da distribuição de ações preferenciais perpétuas com rendimento de 4 por cento.

"A ideia é poderosa, e quando eu tiver uma chance de explicá-la aos acionistas, a maioria verá que ela beneficia tanto eles quanto a Apple", disse Einhorn à Reuters.

A Apple não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

Um analista disse que há méritos na proposta de Einhorn.

"Ele é um grande detentor do papel, as ações estão caindo e é natural que uma pessoa como ele tente reverter isso", disse o analista Colin Gillis, do BGC Partners. "Outros acionistas podem se juntar a ele, mas ainda não é possível dizer se isso vai reverter a maré".

Analistas disseram que a pressão de acionistas vai crescer à medida que o preço da ação da Apple e sua influência declinam, e investidores têm insistido persistentemente que a companhia seja mais pró-ativa na utilização de seu imenso acúmulo de caixa e capital.

(Reportagem adicional de Ben Berkowitz)