Monster Worldwide tem prejuízo; deixa Brasil, México e Turquia

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013 16:02 BRST
 

Por Sagarika Jaisinghani

7 Fev (Reuters) - A companhia de recrutamento online Monster Worldwide, que está à venda, anunciou prejuízo trimestral e disse que deixou seus negócios em mercados em desenvolvimento para concentrar-se em suas operações centrais na América do Norte e na Europa.

A empresa de recrutamento, que fechou suas operações no Brasil, no México e na Turquia, disse que continua a perseguir uma venda da companhia completa, mas que o processo está caminhando "muito lentamente".

A controladora da Monster.com contratou a Stone Key Partners e o Bank of America Merrill Lynch em março de 2012 para revisar alternativas estratégicas.

A companhia foi prejudicada por fraqueza no mercado de trabalho nos Estados Unidos e na Europa, que geram a maior parte de sua receita, além de crescente competição de redes sociais.

A demanda foi transferida do site de recrutamento mais generalizado da Monster para sites mais específicos, focados em nicho, que permitem que trabalhadores e empresas conectem-se diretamente.

A Monster registrou seu segundo prejuízo líquido em dois anos, impactada por encargos de reestruturação e um ambiente econômico incerto na Europa.

O prejuízo ficou em 73 milhões de dólares, ou 0,66 dólar por ação, no quarto trimestre, frente a lucro de 10,9 milhões de dólares, ou 0,09 dólar por ação, no ano anterior.

A companhia teve encargos antes de impostos de 23 milhões de dólares durante os três meses até dezembro e disse que espera encargos adicionais de 27 milhões de dólares a 37 milhões de dólares no primeiro semestre de 2013.

Excluindo itens excepcionais, a companhia lucrou 0,08 dólar por ação.