Telecom Italia descumpre meta de endividamento líquido

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013 07:18 BRST
 

MILÃO (Reuters) - A Telecom Italia descumpriu sua meta de endividamento líquido, pressionada por demora na venda de ativos e lucros atingidos pela prolongada recessão italiana, além de desaceleração no crescimento no Brasil e Argentina.

A companhia informou que um forte fluxo de caixa permitiu a continuação de corte de dívida, apesar de que a queda no endividamento líquido ajustado para cerca de 28,3 bilhões de euros no final de 2012 ficou abaixo da meta de 27,5 bilhões.

"O grupo continua a buscar redução de dívida por meio de uma robusta geração de caixa que vai ajudar a financiar o desenvolvimento de infraestrutura de rede na Itália e no exterior, o que acreditamos ser crucial", afirmou o presidente do conselho da Telecom Italia, Franco Bernabe, em comunicado.

A empresa, pressionada há anos pela necessidade de pagar dividendos e manter sua nota de crédito junto a agências de risco, também divulgou que a venda de sua unidade de televisão Telecom Italia Media foi adiada.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 2012 recuou 4,2 por cento, para 11,67 bilhões de euros, com a receita recuando 1,5 por cento, para 29,50 bilhões de euros. Ambos os números ficaram abaixo das expectativas do mercado.

A receita na Itália caiu 5,8 por cento, enquanto a unidade no Brasil, TIM, informou na terça-feira que a receita trimestral cresceu no ritmo mais lento em quase dois anos.