Vodafone contrata banco para possível oferta por operadora a cabo alemã

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 14:47 BRT
 

FRANKFURT, 19 Fev (Reuters) - A Vodafone está mais próxima de uma possível proposta de 10 bilhões de euros pela operadora a cabo alemã Kabel Deutschland ao contratar o banco Goldman Sachs para aconselhar sobre opções, disse à Reuters nesta terça-feira uma pessoa com conhecimento direto sobre o assunto.

A Kabel Deutschland, maior operadora a cabo da Alemanha, manteve o Morgan Stanley e a empresa de consultoria Perella Weinberg para defender seus interesses no caso de aproximação da Vodafone, disse uma segunda pessoa com conhecimento direto.

Uma aquisição transformaria o mercado de telecomunicações alemão, que tem sido um dos mais resilientes em um setor na Europa atormentado pela deflação dos preços e por uma dura competição.

Também seria o maior negócio da Vodafone desde que entrou na Índia em 2007 e marca uma mudança de estratégia para o grupo que há muito tempo já possuía operações móveis em grande parte na Europa continental e conta com o aluguel de linhas de banda larga dos concorrentes.

Profissionais do mercado financeiro e alguns analistas argumentam que a Vodafone precisa adquirir ativos fixos para combater os desafios dos concorrentes de baixo custo e de telecomunicações e serviços a cabo.

A Vodafone poderia economizar cerca de 300 milhões de euros ao ano ao depender menos das linhas da Deutsche Telekom e também poderia descarregar tráfego móvel para sua própria rede fixa.

A Vodafone agora está páreo a páreo com a Deutsche Telekom, em termos de participação de mercado móvel, enquanto detém apenas 12 por cento do mercado de banda larga ante cerca de 40 por cento da Deutsche Telekom.

(Por Arno Schuetze, Peter Maushagen e Leila Abboud)