Nova regra para chamada móvel interrompida entra em vigor, diz Anatel

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 17:52 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 27 Fev (Reuters) - A nova regra da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) sobre a tarifação para chamadas de telefonia móvel interrompidas passaram a vigorar nesta quarta-feira, informou a autarquia.

Assim, se uma ligação móvel for interrompida por qualquer motivo, o usuário terá dois minutos para realizar outra chamada para o mesmo número, que será considerada parte da primeira, portanto, sem efeito de tarifação extra.

"No caso de quem paga a ligação por tempo, haverá a soma dos segundos e minutos de todas as chamadas sucessivas", explicou a Anatel em seu website.

"No caso de quem paga por ligação, as chamadas sucessivas serão consideradas uma só para efeito de cobrança e não poderão ser cobradas do consumidor como ligações diferentes", complementou.

Essa regra vale apenas para chamadas feitas por celulares, tanto para números móveis quanto para fixos, sem limite para chamadas sucessivas.

A regra foi aprovada pela Anatel no fim de novembro.

(Por Sérgio Spagnuolo)