Ações da Leap caem sob preocupações de vendas de iPhones mais lentas

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 18:09 BRT
 

NOVA YORK, 28 Fev (Reuters) - As ações da Leap Wireless International caíam cerca de 3 por cento nesta quinta-feira depois que a companhia disse ser capaz de vender apenas metade dos iPhones que se comprometeu a comprar da Apple.

A Leap, uma provedora de serviços móveis com ofertas de baixo custo, não vendeu iPhones como esperava no quarto trimestre. Ela disse que as adições de clientes globais foram prejudicadas pela desaceleração geral no setor pré-pago e os preços dos telefones foram maiores do que muitos consumidores poderiam pagar.

Se a empresa continuar a vender iPhones às taxas atuais, pode custar 100 milhões de dólares para comprar mais celulares do que precisa para o primeiro ano de seu contrato, que termina em junho, disse a Leap em seu relatório trimestral arquivado na Securities and Exchange Commission dos EUA na segunda-feira.

Se as vendas permanecerem abaixo do compromisso de encomenda da Leap com a Apple, ela poderia ser responsável por um total de 450 milhões de dólares de iPhones não vendidos para os três primeiros anos do acordo, disse a empresa no documento.

A Leap disse que acredita que pode cumprir as suas obrigações com a Apple dentro do prazo do contrato, uma vez que espera impulsionar as vendas do iPhone com programas de financiamento e trabalhando em promoções com a Apple.

(Por Sinead Carew)