Dinamarca cobra à Microsoft US$1 bi em impostos atrasados, diz rádio

segunda-feira, 4 de março de 2013 14:32 BRT
 

COPENHAGEN, 4 Mar (Reuters) - A Dinamarca quer que a Microsoft pague 5,8 bilhões de coroas dinamarquesas (1 bilhão de dólares) em impostos atrasados em uma das maiores disputas fiscais do país, noticiou a mídia local.

A autoridade fiscal dinamarquesa está em negociações com a Microsoft sobre o não pagamento de impostos referentes à aquisição por 10,8 bilhões de coroas (1,88 bilhão de dólares) da empresa dinamarquesa de software Navision, em 2002, disse a rádio DR, atribuindo a fontes não reveladas.

A autoridade fiscal culpa a Microsoft de ter vendido os direitos do bem-sucedido software de planejamento da Navision, agora sob o nome Dynamics NAV, abaixo do preço de mercado para uma subsidiária na Irlanda, disse a DR.

Como resultado, a autoridade está cobrando 5,8 bilhões de coroas em impostos não pagos e juros sobre vendas do Dynamics NAV, disse o serviço público de rádio.

Um representante da Microsoft na Dinamarca se recusou a comentar a reportagem, assim como a autoridade fiscal do país.

(Por Johan Ahlander)