Fundos de pensão de NY vão votar pela demissão de diretores da HP

sexta-feira, 8 de março de 2013 18:38 BRT
 

8 Mar (Reuters) - Os fundos de pensão de Nova York juntaram-se nesta sexta-feira a um esforço para demitir dois diretores da HP em razão de seu apoio à aquisição em 2011 da desenvolvedora britânica Autonomy.

O corregedor municipal John C. Liu disse que os fundos de pensão de Nova York vão votar contra os diretores John H. Hammergren e G. Kennedy Thompson "por causa de seu fracasso em proteger investidores de aquisições custosas e mal orientadas". Duas importantes consultorias também recomendaram votar contra os diretores.

"na condição de diretores de mais longa data, eles também são responsáveis por aprovar as aquisições insensatas da EDS e da Palm, e pela apressada decisão do Conselho Administrativo de contratar Leo Apotheker, cujo curto período como presidente-executivo acabou pouco após a aquisição da Autonomy, que ele engendrou", disse Liu.

Os vários fundos sediados na cidade detêm 5,5 milhões de ações da HP, no valor de quase 116 milhões de dólares segundo cálculos a partir do preço dos papéis no fechamento de quinta-feira. Embora não sejam os maiores acionistas da companhia, os fundos de pensão nova-iorquinos são investidores proeminentes e sua decisão provavelmente será amplamente notada por outros acionistas locais.