Dell permitirá que investidor acesse seus registros contábeis

segunda-feira, 11 de março de 2013 15:38 BRT
 

11 Mar (Reuters) - A Dell aceitou oferecer a Carl Icahn acesso a seus registros contábeis, menos de uma semana após o investidor juntar-se a um crescente coro de oposição ao plano do fundador Michael Dell para fechar o capital da terceira maior fabricante de computadores do mundo.

Às 15h35 (horário de Brasília), o papel da Dell subia 1,55 por cento para 14,38 dólares --acima do preço da oferta, de 13,65 dólares--, após Icahn afirmar nesta segunda-feira que sua empresa Icahn Enterprises firmou um acordo de confidencialidade com a companhia e que vai realizar uma "revisão das informações confidenciais da Dell".

A Dell não estava imediatamente disponível para comentar.

Icahn exigiu na semana passada que a Dell pague 15,7 bilhões de dólares em dividendos especiais em vez de fechar capital. Ele afirmou que a proposta de aquisição da Dell por Michael Dell, pela Silver Lake Partners e pela Microsoft por 24,4 bilhões de dólares prejudica acionistas, atribui um valor baixo à companhia e beneficia principalmente Michael Dell.

A analista Shannon Cross, da Cross Research, afirmou que a manobra é apenas uma nova etapa no compromisso da Dell com reavaliar ofertas alternativas. Mas ela disse que isso "provavelmente indica que Carl Icahn leva a sério sua proposta".

Icahn, cuja presença geralmente leva companhias a assumir uma postura defensiva, disse querer que a fabricante de computadores pague 9 dólares por ação em dividendos imediatamente com recursos de seu próprio caixa e obtidos com contração de nova dívida.

Ele argumentou que, combinado com o valor de 13,81 dólares por ação calculado por sua empresa baseado em fluxo de caixa descontado, sua oferta consideraria um valor total de 22,81 dólares por ação.

Isso representaria um prêmio de 67 por cento frente ao preço de 13,65 dólares proposto por Michael Dell.

(Reportagem de Sruthi Ramakrishnan em Bangalore e Jennifer Saba em Nova York)