Galaxy S4, da Samsung, busca combater a Apple no mercado dos EUA

quinta-feira, 14 de março de 2013 21:09 BRT
 

Por Sinead Carew

NOVA YORK, 14 Mar (Reuters) - A Samsung Electronics apresentou nesta quinta-feira seu mais recente celular, o Galaxy S4, que tem um display maior e recursos pouco convencionais, como controle de gestos, e vai liderar seus esforços de desafiar o iPhone, da, em seu território principal, os Estados Unidos.

O telefone é o primeiro, no bem sucedido percurso da série S do Galaxy, a fazer sua estreia global em solo norte-americano, e representa outra aposta de que consumidores preferem telas maiores.

O S4 estará disponível globalmente no segundo trimestre. A Samsung disse que todas as principais operadoras dos EUA venderão o aparelho, mas ainda não divulgou as datas exatas ou preços.

A companhia estava mais do que disposta a compartilhar alguns dos mais recentes recursos do telefone da linha Galaxy: ele pode parar e iniciar vídeos dependendo se a pessoa está olhando para a tela, ou mudar de músicas e fotos com a sinalização das mãos, além de outros recursos pouco convencionais.

O sucesso ou fracasso do mais recente telefone da Samsung, o quarto de uma marca lançada em 2010, será essencial na batalha da maior fabricante de smartphones do mundo contra a Apple e rivais menores, na busca de atrair consumidores que possuem uma ampla gama de escolhas de telefones avançados.

A Samsung fez o lançamento global nos Estados Unidos na esperança de reconquistar a liderança nesse importante mercado. As vendas da Apple nos EUA superaram as da Samsung pela primeira vez no trimestre encerrado em dezembro, mesmo após a Samsung ter gasto um recorde de 400 milhões de dólares com publicidade no ano passado.

A Samsung disse que o Galaxy S4 terá uma tela de 5 polegadas, acima das 4,8 do modelo anterior, o S3. Mas, pelo fato de o novo display cobrir uma parte maior da área do telefone, o dispositivo terá o mesmo comprimento e até mais estreito, fino e leve do que a geração anterior.

(Por Sinead Carew)