Walmart vai permitir pagamento com iPhone em 12 novos mercados

quarta-feira, 20 de março de 2013 12:59 BRT
 

Por Jessica Wohl

20 Mar (Reuters) - O Wal-Mart Stores anunciou que vai triplicar o número de lojas que participam de um programa piloto nos Estados Unidos sob o qual os consumidores podem usar seus iPhones para escanear produtos e pagar por eles em caixas automáticos na saída.

O programa "Scan & Go" da Walmart em breve se estenderá a mais de 200 lojas, ante as cerca de 70 atuais. O programa foi implementado inicialmente em unidades próximas da sede da empresa em Bentonville, Arkansas, no final de 2012, e em seguida expandido a Atlanta.

Embora o tamanho do programa esteja sendo triplicado, ainda assim ele envolverá apenas uma fração das mais de 4 mil lojas da companhia nos EUA.

"Queremos que as reações dos nossos consumidores ditem o resultado da experiência", disse Gibu Thomas, vice-presidente sênior de operações digitais e móveis do Walmart Global eCommerce, esta semana. "O sistema será expandido a novos mercados."

Por enquanto o "Scan & Go" só funciona com aparelhos da Apple. Uma versão para aparelhos Android deve ser lançada em breve.

Já que mais da metade dos consumidores têm smartphones, a Walmart está tentando tornar as compras mais convenientes para os fregueses que empregam a tecnologia móvel. Mais de metade dos consumidores que testaram a tecnologia "Scan & Go" a usaram mais de uma vez, disse Thomas.

Os consumidores leem os códigos de barras dos produtos que desejam comprar usando o app da Walmart em seus iPhones, iPods Touch ou iPads, que registra os produtos que estão comprando e o valor cumulativo das compras. Depois, pagam em um caixa automático, sem que precisem passar por um caixa convencional.

Ao expandir o teste do "Scan & Go", a Walmart está equipando muitas de suas lojas com caixas para pagamento automático de compras. No momento, cerca de 1,5 mil unidades contam com esse recurso, e outras mil a 1,5 mil devem passar a dispor dele este ano, de acordo com Jeff McAllister, vice-presidente sênior da Walmart U.S. Innovations.

Os usuários do sistemas podem solicitar um cupom eletrônico da transação, em lugar de um cupom em papel. A Walmart também insinuou que vales desconto digitais podem estar a caminho.