Fabricante de softwares acusa Apple de infringir patentes

quarta-feira, 20 de março de 2013 21:07 BRT
 

20 Mar (Reuters) - A Intertrust Technologies, uma empresa de softwares pertencida a um grupo que inclui a Sony e Royal Philips Electronics, disse nesta quarta-feira que processou a Apple por infringir 15 patentes relacionadas a segurança.

O processo abrange dispositivos como o iPhone e o iPad, computadores e laptops Mac, Apple TV e inclui serviços como iTunes, iCloud e a Apple App Store, disse a Intertrust em um comunicado. A empresa não informou os valores associados à ação judicial.

A Intertrust desenvolve e licencia softwares de gerenciamento de direitos digitais, usados para proteger e administrar os direitos de conteúdo para empresas que distribuem músicas, filmes e outros conteúdos digitais.

A empresa listou grandes empresas de tecnologia, desde Microsoft e Samsung Electronics a Nokia e HTC entre seus licenciados. Em seu site, ela afirma que se tornou uma joint venture da Sony, Philips e Stephens Inc em 2003.

"A Apple faz muitos produtos que utilizam grandes invenções da Intertrust", disse o presidente-executivo da companhia, Talal Shamoon, em comunicado. "Achamos lamentável sermos forçados a procurar a Justiça para resolver este assunto".

A Apple não quis comentar.

(Por Sruthi Ramakrishnan em Bangalore e Poornima Gupta em San Francisco)