Mercado de consoles de videogames cresce 43% no Brasil, atinge R$1 bi

quinta-feira, 21 de março de 2013 15:22 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 21 Mar (Reuters) - O faturamento do mercado de consoles de videogames no Brasil cresceu 43 por cento em 2012 na comparação anual, movimentando cerca de 1 bilhão de reais, de acordo com dados da empresa de pesquisa GfK divulgados nesta quinta-feira.

O avanço aconteceu apesar do brasileiro pagar caro pelos aparelhos --cerca de 917 reais por console, bem cima, por exemplo, do valor médio na Alemanha, de 530 reais, segundo a GfK.

Já o segmento de jogos movimentou 629 milhões de reais no ano passado, alta de 72 por cento sobre 2011, atribuída pela GfK à "migração de muitos consumidores para o mercado formal".

O preço dos jogos foi de, em média, 103 reais no país, em linha com a média mundial, segundo a GfK. Na Alemanha esse valor é equivalente a 93 reais e na França, a 104 reais.

"Em 2012, a 'nova' geração de consoles --PS3, Xbox, Wii-- tomou conta do mercado", afirmou a GfK em comunicado. "O preço médio não caiu, já que o consumidor migrou para essa 'nova' geração e investiu em jogos e acessórios, especialmente os que permitem ficar de pé e movimentar o corpo".

(Por Sérgio Spagnuolo)