Icahn abre portas para parceria com Blackstone por Dell

segunda-feira, 25 de março de 2013 19:51 BRT
 

Por Greg Roumeliotis e Soyoung Kim

25 Mar (Reuters) - Dois dos investidores norte-americanos mais proeminentes podem frustrar a oferta de 24,4 bilhões de dólares proposta por Michael Dell pela Dell, após o bilionário Carl Icahn abrir a porta para uma aliança com o grupo de private equity Blackstone para tirar o controle da fabricante de computadores de seu fundador.

Icahn disse nesta segunda-feira que deu início a negociações preliminares com o Blackstone. Ambos os envolvidos realizaram ofertas que poderiam ser superiores à proposta de Michael Dell e do grupo de private equity Silver Lake.

As discussões mostram que o que se tornou como um plano de Michael Dell e do Silver Lake para fechar o capital da fabricante de computadores pode se arrastar por meses.

Icahn propôs pagar 15 dólares por ação por 58 por cento da Dell. O Blackstone indicou que pode pagar mais de 14,25 dólares por ação. O grupo Silver Lake ofereceu 13,65 dólares por ação por toda a Dell.

A Dell e o Silver Lake recusaram-se a comentar. O Blackstone não respondeu imediatamente a pedidos de comentários.

Icahn, que detém uma fatia de 1 bilhão de dólares na Dell, disse que tanto sua oferta quanto a do Blackstone dão aos maiores investidores da companhia o que eles mais queriam -- a capacidade de manter ações da Dell negociadas no mercado.

O Southeastern Asset Management, maior acionista independente da Dell e um dos principais oponentes ao plano do Silver Lake, disse estar satisfeito com essa perspectiva, além das ofertas mais altas.

Outro investidor, Bill Nygren, co-gestor do Oakmark Fund, acrescentou: "Dada a ampla faixa de valores estimados para a ação da Dell, se todo o resto é quase igual, acreditamos que uma proposta é superior se permite que investidores que querem continuar na Dell a oportunidade de fazê-lo".   Continuação...