TIM espera compartilhamento de 4G com Oi já em abril

terça-feira, 26 de março de 2013 14:24 BRT
 

BRASÍLIA, 26 Mar (Reuters) - A TIM espera que o compartilhamento da rede de telefonia móvel de quarta geração (4G) com a Oi seja iniciado dentro poucas semanas, de acordo com o vice-presidente de assuntos regulatórios da operadora, Mario Girasole.

O acordo entre as empresas deve ser entregue ainda nesta terça-feira à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para análise, disse o executivo.

As principais operadoras de telefonia móvel do país têm se movimentado para elaborar acordos de compartilhamento de redes móveis a fim de reduzir custos de construção e atender às demandas do governo para prestação dos novos serviços nacionalmente, em vista dos grandes eventos esportivos dos próximos anos.

Além de Oi e TIM, a Telefônica Brasil, que opera a marca Vivo, e a Claro, do grupo América Móvil, também buscam compartilhar suas redes móveis.

"Hoje entregamos o contrato", afirmou Girasole a jornalistas durante evento em Brasília, explicando que o documento vai para análise do conselheiro relator Rodrigo Zerbone, e depois segue para o Conselho Diretor da Anatel.

Assim, Girasole espera que "em poucas semanas" a questão já esteja resolvida, para começar o compartilhamento em abril, mês limite para o início das ofertas do 4G nas cidades-sede da Copa das Confederações, segundo exigências do edital de licitação das radiofrequências para os novos serviços.

A Anatel, por sua vez, tem "todo interesse que esse processo avance", de acordo com o presidente da agência reguladora, João Rezende.

As duas operadoras informaram em janeiro que discutiam o compartilhamento de infraestrutura. No começo de março, o Conselho de Administração da TIM aprovou a celebração de um contrato com a Oi, com investimentos "isolados" por cada parte.

"É um trabalho que está andando de maneira muito fluida", afirmou Girasole nesta terça-feira.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello; Texto de Sérgio Spagnuolo)