Mídia portuguesa exige que Google pague por notícias

quarta-feira, 27 de março de 2013 15:48 BRT
 

LISBOA, 27 Mar (Reuters) - Companhias de mídia portuguesas, que enfrentam a pior recessão desde a década de 1970, estão pressionando para que o Google pague pelo conteúdo disponibilizado em sua ferramenta de busca, espelhando demandas semelhantes em outros países europeus.

O chefe da Confederação Portuguesa de Mídias de Comunicação Social, Alberico Fernandes, disse à Reuters que as unidades ibéricas e portuguesas do grupo global de serviços de Internet rejeitaram a exigência numa primeira reunião na semana passada mas aceitaram continuar negociando.

Ele disse que o Google "mostrou prontidão em colaborar com grupos da mídia para nos ajudar a modernizar e tornar nosso conteúdo mais lucrativo", o que já havia aceitado fazer na França mais cedo.

Editoras querem pagamento por links a artigos e pelo uso de parágrafos no serviço Google News.

(Reportagem de Filipe Alves)