Regulador chinês quer mais supervisão sobre Apple

quinta-feira, 28 de março de 2013 19:07 BRT
 

SAN FRANCISCO, 28 Mar (Reuters) - A Apple está sob críticas do regulador de mercado chinês, que apelou para uma supervisão mais forte de políticas de consumo da fabricante do iPhone no país, segundo a mídia estatal.

Nesta quinta-feira, a rádio nacional da China citou um aviso da Administração Estatal para Indústria e Comércio que pedia às autoridades que protegessem os direitos dos consumidores em conformidade com a lei. Segundo a notícia no website da rádio, o alerta menciona a Apple, mas não chega a especificar exatamente o que e como eles precisam fazer.

O aviso, informou a rádio, seria uma resposta a diversos relatos desde 15 de março sobre como o serviço de pós-vendas da Apple teria prejudicado os consumidores chineses.

A Apple foi citada em 15 de março pela televisão estatal China Central em apresentação sobre tratamento inadequado. Outros meios de comunicação, desde então, assumiram a batalha, com foco na política da empresa de garantia para os laptops Mac, que os críticos dizem ser menor do que em outros países.

(Por Poornima Gupta)