Telecom Italia discute aliança com a H3G; ações sobem

sexta-feira, 5 de abril de 2013 10:25 BRT
 

Por Stefano Rebaudo e Lisa Jucca

MILÃO, 5 Abr (Reuters) - A Telecom Italia iniciou contato com o grupo Hutchison Whampoa, de Hong Kong, para discutir uma possível fusão com a unidade 3 Italia (H3G), afirmou a operadora italiana.

"Os contatos estão em estágio tão preliminar e embrionário que a empresa não pode fazer mais comentários sobre o assunto", informou a companhia em comunicado.

Segundo a operadora italiana, o assunto será levado ao conselho da empresa em reunião programada para 11 de abril.

O presidente do conselho da Telecom Italia, Franco Bernabe, está sendo pressionado por acionistas para entregar retornos mais altos e elevar o preço das ações do grupo italiano, que está em mínimas históricas.

As ações da Telecom Italia avançavam nesta sexta-feira, com investidores aprovando a mais recente tentativa do grupo de recuperar seus números. Às 10h14 (horário de Brasília), as ações subiam 2,25 por cento, depois chegado a avançar 4 por cento.

Com uma dívida superior a 28 bilhões de euros, a Telecom Italia está buscando uma estratégia que a ajude a reverter a queda de margens na Itália e a desaceleração do crescimento no Brasil, onde controla a TIM.

O plano do Bernabe para trazer um novo investidor fracassou no ano passado, quando o maior acionista da companhia rejeitou uma injeção no grupo de 3 bilhões de euros pelo magnata egípcio Naguib Sawiris.

A deficitária H3G tem valor estimado entre 1,5 bilhão e 2 bilhões de euros.

A incorporação da H3G à Telecom Italia, um acordo que deve ocorrer por meio de ações, eliminaria um concorrente doméstico e reduziria a pressão sobre as margens em estão queda.

(Por Stefano Rebaudo e Lisa Jucca)