Vendas da Panasonic na Europa resistem a cenário adverso--executivo

terça-feira, 9 de abril de 2013 16:38 BRT
 

VIENA, 9 Abr (Reuters) - As vendas de produtos eletrônicos a consumidores da Panasonic não caíram na Europa no ano fiscal que acabou de se encerrar, apesar do fato de que os negócios estão sofrendo globalmente, disse o chefe da companhia na Europa.

"Nós estamos indo muito bem na Europa em produtos eletrônicos", disse Laurent Abadie à Reuters em entrevista em Viena, nesta terça-feira.

"Nós acabamos de encerrar nosso ano fiscal ao final de março. Nossa receita em consumo não está recuando na Europa, apesar de um forte declínio do mercado. A razão é porque nós estamos nos focando muito em segmentos de valor agregado", disse ele.

Abadie acrescentou que o plano da companhia é de manter o número de funcionários na Europa estável no próximo ano.

A empresa emprega 12 mil pessoas na Europa, que responde por 10 por cento de suas vendas.

(Por Georgina Prodhan)