DragonWave cortará 33% dos funcionários, muda acordo com Nokia Siemens

quarta-feira, 10 de abril de 2013 09:51 BRT
 

10 Abr (Reuters) - A fabricante de equipamentos de redes de telecomunicações DragonWave informou que irá cortar 33 por cento dos cargos de altos executivos e que alterou seu acordo com a Nokia Siemens Networks para reduzir custos operacionais.

A deficitária DragonWave, que está tentando diminuir os custos desde que adquiriu a empresa de tecnologia de microondas da Nokia Siemens em junho passado, afirmou em março que cortaria ainda mais os gastos, mas não especificou quais seriam as medidas.

Conforme o acordo renovado, a Nokia Siemens fará um pagamento imediato em dinheiro de 10,6 milhões de euros (13,8 milhões de dólares) à DragonWave.

A DragonWave afirmou que as companhias haviam encerrado o acordo para serviços na Itália, sob o qual a Nokia Siemens fornecia serviços de pesquisa e desenvolvimento, entre outros, para a DragonWave, desde junho de 2012.

A DragonWave espera que os custos operacionais diminuam em cerca de 3 milhões de euros por trimestre.