Panasonic vendeu US$1 bi em ações para controlar finanças, afirmam fontes

quinta-feira, 2 de maio de 2013 11:41 BRT
 

TÓQUIO, 2 Mai (Reuters) - A Panasonic vendeu cerca de 1 bilhão de dólares em ações de empresas como a Toyota, como parte de um plano para desovar ativos a fim de reforçar suas finanças, informaram duas fontes com conhecimento das transações.

A Panasonic registrou um ganho de 30 bilhões de ienes (308 milhões de dólares) com as vendas- que também incluiu fatias da Honda e da Nippon Steel e Sumitomo Metal- no ano terminado em 31 de março, noticiou o jornal financeiro Nikkei. A Panasonic e outras empresas japonesas geralmente têm participações acionárias de empresas fornecedoras e clientes para consolidar laços comerciais.

A venda das ações ocorreram em meio a um rali de 34 por cento no índice acionário Nikkei 225 desde o início do ano, provavelmente significando que a Panasonic superou o plano de vender 130 bilhões de ienes em ativos no ano fiscal passado, segundo as fontes, que falaram sob condição de anonimato.

A Panasonic anunciou que vai usar a venda de ativos para garantir que seu fluxo de caixa livre anual fique a um mínimo de 200 bilhões de ienes nos próximos anos, conforme a empresa vende ou fecha unidades que não conseguem atingir no mínimo uma margem de lucro operacional de 5 por cento. A empresa também quer reduzir os níveis de dívida de 976 bilhões de ienes, no final de dezembro, para 220 bilhões de ienes até março de 2016.

A fabricante dos televisores Viera está se afastando de produtos eletrônicos, que dão prejuízo, em favor da expansão de unidades que fazem máquinas e componentes para outras empresas.

(Reportagem de Reiji Murai)