Buffett diz que não venderá ações da IBM após resultados--CNBC

sexta-feira, 3 de maio de 2013 12:11 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O presidente Berkshire Hathaway, o megainvestidor Warren Buffett, afirmou nesta sexta-feira que não vai vender ações da IBM, mesmo depois que a empresa frustrou expectativas de resultados no mês passado.

"Eu não vou ser um vendedor de IBM", disse Buffett ao canal de televisão norte-americano CNBC, antes da reunião anual de acionistas da Berkshire, que começará em 4 de maio.

Buffett também disse que não comprou mais ações da IBM após os resultados decepcionantes da empresa, que levaram a uma queda de 8 por cento no valor das ações da companhia no dia seguinte.

O investidor acrescentou que ele pode comprar mais ações da IBM "de tempos em tempos" e que não comprou nem vendeu papéis após os resultados trimestrais da empresa. Ele disse que a participação da Berkshire na IBM "pode ter crescido um pouco" no primeiro trimestre.

Buffett também disse à CNBC que é "100 por cento" favorável à manutenção dos cargos de presidente do conselho e presidente executivo do JPMorgan Chase por Jamie Dimon. O executivo enfrenta votação de acionistas neste mês na reunião anual do JPMorgan que poderia tirá-lo do papel de presidente do conselho de administração da instituição.