Avião movido a energia solar inicia travessia dos EUA

sexta-feira, 3 de maio de 2013 13:53 BRT
 

Por Laila Kearney

SAN FRANCISCO, 3 Mai (Reuters) - Um avião movido a energia solar, com o qual os projetistas planejam um dia atravessar o planeta, decolou na manhã desta sexta-feira da baía de San Francisco para cruzar os Estados Unidos, sem levar nenhum combustível, a não ser a energia do sol.

O aparelho, chamado de Impulso Solar, partiu pouco depois das 6 horas (horário local) de Moffett Field, um aeroporto civil e militar perto do extremo sul de San Francisco, e seguiu em velocidade baixa em direção a Phoenix, no vizinho Estado do Arizona, de modo que o voo deve durar de 15 a 20 horas.

O avião de formato espigado fez pouco ruído ao levantar voo. Depois de efetuar paradas nas cidades de Dallas, St. Louis e Washington, a capital, com pausas em cada lugar para aguardar tempo favorável, a equipe de voo espera concluir a travessia dos EUA dentro de dois meses no aeroporto internacional John F. Kennedy, em Nova York.

Os pilotos suíços Bertrand Piccard e Andre Borschberg, cofundadores do projeto, vão revezar-se no comando do aparelho, que possui apenas um assento na cabine. Piccard assumiu o controle na primeira etapa, rumo ao Arizona. A previsão é a de aterrissar em Phoenix à 1 hora da madrugada, no sábado.

O projeto teve início em 2003, com orçamento de 90 milhões de euros (112 milhões de dólares) para um período de dez anos e envolveu engenheiros da Schindler, a fábrica suíça de elevadores, e ajuda para pesquisa do grupo químico belga Solvay -- patrocinadores que querem testar novos materiais e tecnologias e ao mesmo tempo obter reconhecimento para sua marca.

Os organizadores do projeto dizem que a viagem também tem como meta ampliar o apoio mundial à adoção de tecnologias limpas na produção de energia.

(Reportagem adicional de Braden Reddall)

 
O avião Solar Impulse decola no campo Moffett para a primemira parte da travessia dos Estados Unidos, em Mountain View, na Califórnia. O avião movido a energia solar, com o qual os projetistas planejam um dia atravessar o planeta, decolou na manhã desta sexta-feira para cruzar os Estados Unidos sem levar nenhum combustível, a não ser a energia do sol. 3/05/2013. REUTERS/Stephen Lam