CORREÇÃO-Receita da AOL aumenta com venda de publicidade em banners

quarta-feira, 8 de maio de 2013 12:08 BRT
 

(Corrige no 4o parágrafo previsão de analistas de R$537,1 mi para R$542,1 mi)

NOVA YORK (Reuters) - A AOL anunciou um aumento na receita do primeiro trimestre, com o grupo de mídia online divulgando um crescimento na venda de publicidade em anúncios gráficos como banners.

A receita de anúncios desse formato subiu 8 por cento, para 140,4 milhões de dólares. Os anúncios são uma referência importante para a empresa, diante da queda na receita com assinatura de serviços de Internet discada. Além disso, os anunciantes tendem a pagar mais para exibir anúncios, que muitas vezes aparecem com destaque em sites.

A receita proveniente do Huffington Post e outros sites de mídia, como TechCrunch e Engadget, saltou 14 por cento, para 189,6 milhões de dólares. A AOL fez grandes apostas para conseguir mais verbas publicitárias, como a aquisição da Huffington Post, em 2010, por 315 milhões de dólares.

A receita total cresceu 2 por cento, para 538,3 milhões de dólares, perto de expectativas de analistas de 542,1 milhões, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

O lucro líquido subiu para 25,9 milhões de dólares, ou 0,32 dólar por ação, ante 21,1 milhões, ou 0,22 dólar por ação, no mesmo período um ano atrás. Analistas esperavam lucro de 0,33 dólar por ação.

O resultado fazia as ações da AOL despencarem mais de 5 por cento antes da abertura do pregão nesta quarta-feira.