Amazon reúne parceiros para atrair corporações para serviços de nuvem

quarta-feira, 15 de maio de 2013 12:20 BRT
 

Por Alistair Barr

SAN FRANCISCO, 15 Mai (Reuters) - Conforme a Amazon.com busca tornar-se um fornecedor líder de tecnologia para as maiores corporações do mundo, ela está descobrindo que precisa de ajuda.

A varejista online, que desde 2006 direcionou-se agressivamente no negócio de serviços de computação remota, armazenamento e outros serviços de TI, está angariando milhares de parceiros de consultoria e tecnologia, desde a Cap Gemini até a BMC Software, em um grande esforço para atrair clientes corporativos que fazem grandes gastos para a sua divisão de computação em nuvem.

A Amazon Web Services (AWS), como o negócio é conhecido, tem sido um sucesso entre as startups que precisam de serviços da Web robustos e de baixo custo que podem ser comprados à medida que aparecem as necessidades.

Mas as grandes corporações e agências governamentais, que costumam ser referidas como clientes corporativos, representam uma oportunidade muito maior: eles gastam mais de 300 bilhões de dólares por ano em centros de dados, segundo estimativas do Bernstein Research.

Essa oportunidade de mercado ajudou o preço das ações da Amazon a mais que triplicar nos últimos cinco anos, com os investidores apostando que os serviços de computação em nuvem da varejista passarão a ser parte integrante da forma como as empresas fazem negócios pela Internet.

As empresas, no entanto, são muito mais exigentes do que as startups, exigindo melhores garantias de serviços, Acompanhamento de perto das despesas, funções especiais para o cumprimento de regulamentações e muito mais.

Assim, uma rede de intermediários que desenvolvem soluções que funcionam em servidores AWS torna-se central para a estratégia da Amazon.

"As empresas querem um prato completo para comer, enquanto a Amazon serve ingredientes e pede aos usuários para começarem a cozinhar", disse Matt McIlwain, sócio do Madrona Venture Group. "As empresas estão dispostas a pagar para obter o prato completo. A Amazon reconhece isso. É por isso que eles criaram uma rede de parceiros."

O AWS tem mais de 4.000 membros em sua rede de parceiros, em comparação a menos de 1.000 no primeiro trimestre de 2012, de acordo com o seu chefe de desenvolvimento de negócios globais, Terry Wise.