Cisco contesta compra do Skype pela Microsoft na União Europeia

terça-feira, 28 de maio de 2013 16:53 BRT
 

BRUXELAS, 28 Mai (Reuters) - A Cisco Systems Inc, principal fabricante de equipamentos de rede do mundo, tentará convencer o segundo tribunal mais alto da Europa nesta quarta-feira a derrubar a aprovação da União Europeia à compra do Skype pela Microsoft.

Se a Cisco vencer o desafio no Tribunal Geral, sediado em Luxemburgo, a Comissão Europeia teria de anular sua decisão, que permitiu a compra da empresa de transmissão de vídeo e voz online pela Microsoft sem ter que fazer qualquer concessão.

A Cisco, que está fazendo a apelação em conjunto com a empresa italiana de telefonia Messagenet SpA, vai argumentar que a Comissão cometeu vários "erros manifestos" na avaliação do negócio de 8,5 bilhões dólares.

A última vez em que uma empresa desafiou com sucesso uma decisão similar da Comissão foi em 2002, em um caso envolvendo a Sony Music e as gravadoras BMG. Na grande maioria dos casos, o tribunal fica do lado da Comissão.

(Por Foo Yun Chee)