Vivendi concorda em indicar mediador para disputa com Lagardere

sexta-feira, 31 de maio de 2013 16:18 BRT
 

PARIS, 31 Mai (Reuters) - O grupo francês de mídia Vivendi apoiou nesta sexta-feira uma proposta para indicar um mediador na disputa legal com o grupo rival Lagardere a respeito do empreendimento conjunto em um canal de TV paga na França.

"A Vivendi confirma ter aceitado a proposta do presidente da Corte Comercial, Franck Gentin, para abrir o caminho para uma mediação no processo aberto pela Lagardere, demonstrando sua boa vontade e total confiança", disse um porta-voz da Vivendi à Reuters.

A Lagardere disse em fevereiro estar processando a Vivendi em 1,6 bilhão de euros (2 bilhões de dólares) na disputa pelo Canal+ France. A empresa não pôde ser imediatamente contatada para comentários.

A Lagardere quer que a Vivendi devolva esse montante ao canal, alegando que a empresa está fazendo uso permanente de todo o superávit financeiro do negócio sob um contestado acordo entre o canal e sua matriz controlada pela Vivendi.

A Vivendi, por sua vez, acusa a Lagardere de tentar desestabilizá-la e forçá-la a comprar de volta a fatia de 20 por cento da Lagardere no Canal+ France.

Mais cedo no mês, a Vivendi, que detém os 80 por cento restantes do canal, disse que a fatia é um negócio importante e que não tem interesse em vendê-la para a Lagardere.

(Por Dominique Vidalon)