Trabalhadores da Amazon na Alemanha preparam 3a greve de um dia

segunda-feira, 3 de junho de 2013 10:24 BRT
 

FRANKFURT, 3 Jun (Reuters) - Trabalhadores da operação alemã da varejista online Amazon.com estão preparados para realizar uma terceira greve de um dia nesta segunda-feira, em uma disputa sobre salários e benefícios.

O sindicato Verdi pediu aos trabalhadores dos centros de logística da Amazon em Leipzig e Bad Hersfeld para paralisarem os trabalhos já na manhã, horário local.

Cerca de 600 trabalhadores nas instalações da Amazon em Bad Hersfeld e cerca de 300 em Leipzig entraram em greve no dia 14 de maio, e prosseguiram com paralisações de um dia em 27 de maio, em Leipzig, e 29 de maio, em Bad Hersfeld.

A Amazon emprega cerca de 9.000 pessoas na Alemanha, e foi criticada pelo sindicato por se recusar a implementar um acordo coletivo sobre condições de emprego semelhantes a negócios em outras empresas de encomenda por correio e de varejo.

O sindicato também está pressionando por salários base maiores e mais suplementos para o turnos noturnos.

Em Leipzig, o sindicato está pedindo salário inicial de 10,66 euros (13,82 dólares) por hora, em comparação com os atuais 9,30 euros. Em Bad Hersfeld, o grupo quer que o pagamento suba de 9,83 para 12,18 euros.

(Reportagem de Harro ten Wolde)

 
Funcionários da Amazon participam de greve convocada pelo sindicato Verdi em depósito da varejista online em Bad Hersfeld, na Alemanha. Trabalhadores da operação alemã da varejista online Amazon.com estão preparados para realizar uma terceira greve de um dia nesta segunda-feira, em uma disputa sobre salários e benefícios. 14/05/2013 REUTERS/Lisi Niesner