Lenovo quer parceria em telefonia móvel em plano para expansão

terça-feira, 4 de junho de 2013 10:14 BRT
 

Por Lee Chyen Yee e Umesh Desai

CINGAPURA/HONG KONG (Reuters) - O grupo chinês Lenovo, segundo maior fabricante de PCs do mundo, está em discussões detalhadas sobre uma parceria em celulares inteligentes com a japonesa NEC, enquanto busca alianças e aquisições para se expandir em mercados de alto crescimento.

A Lenovo tem feito negócios de forma agressiva ao longo dos últimos oito anos para ganhar destaque no mercado de PCs, e esta estratégia agora está mudando para smartphones, tablets e computação empresarial, uma vez que as vendas de PCs estão recuando.

O vice-presidente financeiro da Lenovo, Wong Wai Ming, e outros executivos se encontraram nesta terça-feira com investidores em Cingapura, para despertar interesse em uma emissão de títulos que os investidores dizem que pode levantar 500 milhões de dólares ou mais, e ajudar a financiar um novo impulso por aquisições, incluindo possivelmente a área de servidores de baixo custo da IBM.

"Ela tem um patrimônio significativo e é uma empresa de caixa líquido. Eles podem facilmente levantar de 3 a 4 bilhões de dólares para as aquisições, incluindo de 1 a 1,5 bilhão de dólares de dívida", disse o analista Warren Lau, do Maybank Kim Eng.

A Lenovo afirmou nesta terça-feira que mantinha negociações sobre uma aliança em smartphones, sem citar o nome do parceiro em potencial. Enquanto isso, uma fonte familiarizada com a situação disse que NEC e Lenovo partiram para discussões detalhadas sobre uma joint venture, embora nada tivesse sido finalizado.

Um porta-voz da NEC não quis comentar nesta terça-feira sobre a possibilidade de uma joint venture de telefonia com a Lenovo, mas reconheceu os problemas que unidade está enfrentando.

"O nosso negócio de telefonia móvel está em uma situação difícil e reconhecemos que precisamos decidir sobre uma direção para o negócio. Para isso, estamos considerando várias oportunidades."

 
Smartphones da Lenovo são exibidos durante coletiva de imprensa sobre os resultados anuais da empresa, em Hong Kong. O grupo chinês Lenovo está em discussões detalhadas sobre uma parceria em celulares inteligentes com a japonesa NEC, enquanto busca alianças e aquisições para se expandir em mercados de alto crescimento. 23/05/2013 REUTERS/Bobby Yip