Receita da Amazon com publicidade pode passar US$800 mi este ano--eMarketer

terça-feira, 4 de junho de 2013 11:48 BRT
 

Por Alistair Barr

SÃO FRANCISCO, 4 Jun (Reuters) - A receita de publicidade da Amazon.com Inc pode superar 800 milhões de dólares este ano, conforme a maior varejista online mundial usa sua enorme base de clientes e loja de compra de dados para mostrar anúncios mais direcionados em seus sites e de outras empresas, estimou a eMarketer, na terça-feira.

A Amazon é conhecida como um gigante adormecido na indústria de publicidade, porque a empresa tem preciosos dados de consumo, mas tem sido hesitante em usá-los para muitos de seus anúncios. Isso começou a mudar recentemente, o que levou a consultoria da indústria e empresa de dados eMarketer a estimar a receita publicitária da empresa pela primeira vez.

A receita mundial da Amazon com anúncios pode chegar a 835 milhões dólares este ano, um aumento de 37 por cento em relação aos 610 milhões de dólares em 2012, previu a eMarketer. Em 2011, a empresa gerou 419 milhões de dólares de publicidade, acrescentou a empresa. Essas estimativas incluem os custos de aquisição de tráfego, ou TAC, que são pagamentos que as empresas de internet pagam a outros sites para enviar o tráfego online para eles.

"A publicidade pode ser uma significativa oportunidade de receita para a empresa, dado que o tráfego do site é mensurável e pelo significativo número de novas inovações de formato de anúncio que tem lançado", disse Mark Mahaney, analista da RBC Capital Markets, em uma nota aos investidores no domingo.

A Amazon lançou recentemente unidades de "anúncios de eCommerce", que incluem avaliações e comentários de clientes, cupons e botões de compra para adicionar rapidamente produtos nos carrinhos de compra online, explicou Mahaney.

A maior parte da receita de publicidade da Amazon vem de anúncios colocados nos resultados de busca, ou perto deles, que aparecem quando uma pessoa procura na Amazon.com por um produto, de acordo com a eMarketer.

A Amazon arrecadou 450 milhões de dólares em verbas de publicidade no ano passado nos Estados Unidos, seu principal mercado de publicidade, e irá subir para 1,1 bilhão de dólares até 2015, prevê a eMarketer.