Amazon planeja ingressar em vendas de supermercado online, dizem fontes

terça-feira, 4 de junho de 2013 18:13 BRT
 

Por Alistair Barr

SAN FRANCISCO, 4 Jun (Reuters) - A Amazon.com está planejando uma grande lançamento de negócio de supermercado on-line que tem sido silenciosamente desenvolvido há anos, tendo como alvo um dos maiores setores de varejo ainda a ser conquistado pelo e-commerce, de acordo com duas pessoas familiarizadas com o tema.

A empresa vem testando o AmazonFresh em sua cidade natal, Seattle, há pelo menos cinco anos, oferecendo produtos frescos, como ovos, morangos e carne com a sua própria frota de caminhões.

A Amazon agora está planejando expandir seus negócios nesse setor para fora de Seattle pela primeira vez, começando com Los Angeles ainda nesta semana e a área da baía de San Francisco no final deste ano, de acordo com as duas pessoas que não estavam autorizadas a falar publicamente.

Se o negócio for bem nesses novos locais, a empresa pode lançar o AmazonFresh em 20 outras áreas urbanas em 2014, incluindo alguns fora dos Estados Unidos, disse uma das pessoas.

Bill Bishop, analista e consultor de supermercados, disse que a empresa teve como alvo cerca de 40 mercados, sem divulgar como ele sabia dos planos da Amazon.

Um porta-voz da Amazon não respondeu a um pedido para comentar o assunto nesta terça-feira.

A Amazon está à procura de novos grandes mercados para entrar, enquanto tenta manter uma taxa de crescimento que impulsionou uma alta de 220 por cento em suas ações ao longo dos últimos cinco anos. O negócio de supermercado nos Estados Unidos, que gerou 568 bilhões dólares em vendas no varejo no ano passado, pode ser um alvo.

Os planos de expansão da Amazon são uma ameaça potencial para cadeias de supermercados como Kroger, Safeway e Whole Foods, bem como varejistas de mercadorias em geral como Wal-Mart Stores e Target, que também vendem mantimentos.