Sudão permitirá exportações de 1o óleo do Sul, mas exigirá taxa

domingo, 9 de junho de 2013 14:26 BRT
 

CARTUM, 9 Jun (Reuters) - O Sudão vai permitir que o primeiro óleo do Sudão do Sul que chegou a um porto do Sudão seja exportado, mas Cartum terá a sua parcela no petróleo, disse neste domingo um ministro sudanês.

A estatal chinesa CNPC vendeu na semana passada 1,2 milhão de barris de petróleo de campos do Sudão do Sul através de um duto com saída para exportação pelo Sudão.

"Vamos tomar a nossa parte", afirmou o ministro da Informação, Ahmed Belal Osman, a jornalistas.

O Sudão, cujo presidente havia ordenado a paralisação de todas as exportações de petróleo do Sudão do Sul a partir deste domingo, tem direito a taxas pelo uso de dutos por parte do Sul.

(Reportagem de Ulf Laessing)

 
Presidente do Sudão, Omar Hassan al-Bashir, é visto ao discursar para uma multidão no norte de Cartum. O país vai permitir que o primeiro óleo do Sudão do Sul que chegou a um porto do Sudão seja exportado, mas Cartum terá a sua parcela no petróleo, disse neste domingo um ministro sudanês. 08/06/2013 REUTERS/Stringer